5 tendências de conteúdo para 2022

3 minutos para ler

Quanto mais tempo passa, mais fica claro a importância de uma marca produzir um conteúdo de valor para o seu público. E também fica mais claro que não existe fórmula do sucesso que possa ser replicada para várias contas, só existe planejamento e objetivo claro. Por isso, nosso papo hoje é sobre tendências, ou seja, tem a ver com interesse do público em determinados conteúdos que você possa aproveitar para a sua marca.  Aqui, a tendência é uma inclinação, interesse ou preferência por determinadas coisas, no nosso caso, determinado tipos de conteúdo das redes sociais, ou determinados comportamentos que influenciam esse mesmo conteúdo. Ficou na dúvida? Calma, vamos explicar com carinho e atenção. 

via GIPHY

Vídeos curtos e vídeos longos sendo consumido no dobro da velocidade (2x)

Recentemente, o WhatsApp (app que foi adquirido pelo Facebook) ganhou a função de acelerar os áudios em até 2x. (dobro do tempo). Essa é uma tendência que começou em cursos e podcast, as pessoas querem consumir conteúdo de forma rápida e sem “perder tempo”.  Por isso, nossa dica é produzir vídeos mais curtos e diretos, pois essas pessoas estão cansadas de enrolação em vídeos. Por isso, não demore para noticiar ou ensinar determinada coisa em seus vídeos.

Podcast, a mídia que permite uma certa liberdade.

Dá para consumir esse tipo de conteúdo enquanto você dirige, durante um treino ou atividade física, durante a faxina de casa ou enquanto não faz nada. Essa liberdade durante o consumo conquistou  pessoas que, muitas vezes, não têm tempo para ver vídeo, ler uma matéria ou assistir televisão. Caso seu objetivo seja ser um produtor de conteúdo de valor, nossa dica é essa: invista em um podcast!

Vídeo Narração

Comum no Youtube e TikTok, esse tipo de vídeo já tem bastante adesão pelos produtores de conteúdo pela simplicidade na execução e, por isso, pode ser uma boa opção para as marcas que estão começando ou não tem aquele “garoto propaganda”.  Na prática, primeiro a pessoa grava o vídeo sem cortes e sem se preocupar com a captação de áudio. Na sequência, ele edita todas as imagens e por último, grava o áudio narrando o vídeo. 

via GIPHY

Ao vivo
As famosas lives ganharam um protagonismo nunca visto durante a pandemia e até agora é uma opção viável para os produtores de conteúdo. Hoje, já temos Youtubers que sobem vídeos inteiros de lives sem edição.  Muitos deles aproveitam as lives para interagir com o público ou fazer uma dupla live com outro perfil.  Um bom exemplo é o Canal do Life By Lufe que tem um quadro semanal feito inteiramente em   live. Essa opção dispensa edições, cortes e roteiros elaborados. É uma forma mais leve e humana de se comunicar. Vale muito testar!

Posts relacionados

Deixe um comentário